Dreams
quinta-feira, 18 julho 2024
spot_imgspot_img

Lula se abstém de comentar sobre ato de Bolsonaro; ministros reagem

Lula não comenta ato de Bolsonaro; Ministros destacam 'confissão de crime'.

Lula evita comentar ato de Bolsonaro na Av. Paulista

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva optou por não fazer declarações sobre o ato liderado por Jair Bolsonaro na Av. Paulista, São Paulo, que ocorreu no domingo (25) e reuniu mais de 100 mil pessoas. Durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, Lula manteve-se em silêncio sobre o evento, postura compartilhada por parte de sua equipe ministerial.

Reações dos Ministros

Contrariando o silêncio geral, os ministros da Comunicação, Paulo Pimenta, e da Casa Civil, Rui Costa, expressaram suas visões sobre o ato. Pimenta sugeriu que a avaliação do ato caberia aos próprios bolsonaristas, evitando críticas diretas do governo. “Quem tem que fazer avaliação são eles”, afirmou.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Prioridades Pessoais

Paulo Pimenta também mencionou suas prioridades pessoais, indicando que preferiria assistir ao clássico Grenal (Grêmio x Internacional) a comentar sobre o ato.

“Eu ia deixar de ver o Grenal? Pelo amor de Deus”, disse, sugerindo que o governo terá sua vez de ser avaliado quando promover seus próprios eventos.

Declaração de Rui Costa

Rui Costa, por sua vez, apontou para a ausência de surpresas quanto à magnitude do ato, mas destacou a novidade nas declarações feitas durante o evento.

“Surpresa se refere apenas ao conteúdo, à confissão dos crimes praticados”, comentou, referindo-se às falas que sugeriam uma solicitação de anistia por atos passados.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares