Dreams
terça-feira, 23 julho 2024
spot_imgspot_img

Lula critica PL antiaborto e enfatiza o poder de manifestação das mulheres

Descubra como o presidente Lula defende as manifestações contra o PL Antiaborto, classificando-o como uma ameaça às mulheres brasileiras.

Lula classifica PL antiaborto como ‘Carnificina’ e apoia manifestações femininas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou sua oposição ao Projeto de Lei (PL) Antiaborto, descrevendo-o como uma “carnificina contra as mulheres” e destacou o importante papel das manifestações femininas em resposta à proposta.

Detalhes da proposta e reações sociais

Em um discurso recente, Lula criticou a proposição do deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), que equipara o aborto após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio, com possíveis penas de até 20 anos de prisão. Essa medida provocou um amplo debate e manifestações por todo o país, levando a um recuo na Câmara dos Deputados sobre sua tramitação acelerada.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Impacto e resposta do legislativo

“O projeto apresentado era uma carnificina contra as mulheres, estava criminalizando a vítima, querendo que a vítima pegasse tempo de cadeia maior que o estuprador. Ainda bem que a sociedade se manifestou. Mulher tem que ir para a rua, mulher não é mais objeto de mesa e cama em lugar nenhum do mundo”, afirmou o presidente, evidenciando a necessidade de maior ativismo e voz ativa das mulheres na sociedade.
Ainda segundo Lula, os deputados envolvidos na formulação do PL estão cientes do erro cometido e buscam maneiras de mitigar os danos. O presidente da Câmara, Arthur Lira, sugere adiar a votação do projeto para o segundo semestre e considera nomear uma relatora de centro para conduzir os futuros debates, buscando um equilíbrio entre os partidos políticos.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares