Dreams
quinta-feira, 25 julho 2024
spot_imgspot_img

Primeiros leilões de terrenos em Salvador têm baixa adesão

Em Salvador, a venda de terrenos e áreas verdes enfrenta obstáculos, com apenas um dos quatro imóveis iniciais sendo arrematado.

Desafios nos primeiros leilões de terrenos da prefeitura de Salvador

Expectativas frustradas na venda de imóveis urbanos

A iniciativa da prefeitura de Salvador de alienar 40 terrenos e espaços verdes não obteve o sucesso esperado na sua fase inicial. Dos 13 imóveis ofertados desde a última quinta-feira (7), somente um encontrou comprador. Este lote, localizado na Alameda das Samambaias, em Piatã, foi vendido à Incorpora Brasil por um valor levemente acima do mínimo estabelecido.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Um leilão bem-sucedido em meio a várias tentativas

O único sucesso entre as vendas ocorreu com um terreno de 1.288 metros quadrados, que conseguiu atrair interesse. As demais ofertas não tiveram a mesma sorte, evidenciando a cautela do mercado ou a avaliação dos valores propostos.

Interesse público e proteção ambiental influenciam leilões

Uma das ofertas foi suspensa por considerações de interesse público, destacando a complexidade em equilibrar o desenvolvimento urbano com a conservação ambiental e social. Além disso, áreas de significativo interesse ecológico, como a localizada no Corredor da Vitória, têm despertado debates intensos sobre a sua destinação.

A política interfere na alienação de imóveis

Os leilões e vendas de terrenos pela prefeitura entrelaçam-se com a dinâmica política local, refletindo nas estratégias para o desenvolvimento urbano de Salvador. A oposição a certas vendas por parte de entidades governamentais e a influência de figuras políticas são fatores que moldam o processo.

Implicações futuras para o planejamento urbano de Salvador

A experiência dos primeiros leilões serve como um indicativo das potenciais dificuldades e considerações a serem abordadas em futuras tentativas de venda de imóveis desafetados. A prefeitura deve avaliar o feedback do mercado e da comunidade para ajustar suas estratégias, buscando um equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental e social.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares