Dreams
domingo, 14 julho 2024
spot_imgspot_img

Natália Schincariol denuncia machismo após acusar filho de Lula de violência

Ex-companheira de Luís Cláudio Lula da Silva, Natália Schincariol, enfrenta ataques machistas nas redes sociais após denunciar violência.

Natália Schincariol relata enfrentar machismo após acusações contra filho de Lula

Natália Schincariol, médica e ex-companheira de Luís Cláudio Lula da Silva, filho mais novo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, utilizou suas redes sociais para denunciar o machismo que tem enfrentado após suas acusações de violência física, moral e psicológica contra seu ex-parceiro.

Detalhes das acusações e resposta social

Com uma medida protetiva expedida a seu favor no início deste mês pela Justiça de São Paulo, Natália expôs em sua publicação como tem sido alvo de ataques degradantes e desqualificadores. “Chamada de ‘ex-BBB’, ‘vulgar, cabelos longos, boca grande’”, ela destacou como sua carreira e realizações profissionais são frequentemente desvalorizadas em face de ser mulher.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Relato de manipulação e ameaças

Segundo o boletim de ocorrência acessado pelo UOL, Natália afirmou que Luís Cláudio tentou manipulá-la para evitar denúncias, supostamente dizendo:

“Meu pai vai me proteger e [você] vai sair perdendo, eu vou acabar com sua alma. Vou falar para todos que você é uma insana, ninguém irá acreditar em você.” Ela também relatou que a violência se intensificou nos últimos anos, afetando significativamente sua saúde mental e física.

Posicionamento de Luís Cláudio e o contexto político

Luís Cláudio negou as acusações, afirmando ao UOL que jamais agrediria Natália e que pretende provar sua inocência. As acusações também trouxeram repercussões políticas, com figuras de oposição questionando o silêncio do presidente Lula e de seus aliados sobre o caso.

Discurso presidencial contra a violência doméstica

Sem referir-se diretamente ao caso de seu filho, o presidente Lula condenou a violência doméstica em um discurso recente, reiterando que mulheres não devem sofrer abusos.

“Todos nós sabemos que neste país existe muita violência contra mulher, violência às vezes dentro de casa, que marido não respeita a mulher muitas vezes”, disse Lula.

Natália concluiu seu desabafo reafirmando seu compromisso em não se calar diante do machismo: “O Machismo é violento. O Machismo mata”, escreveu.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares