Dreams
domingo, 14 julho 2024
spot_imgspot_img

Mauro Cid depõe sobre jóias e vacinas em cooperação com FBI e PF

Entenda a importância do depoimento de Mauro Cid, conduzido pela PF e pelo FBI, nas investigações sobre joias sauditas e fraudes em cartões de vacina.

Cooperação internacional: Depoimento de Mauro Cid na PF com participação do FBI

Na manhã desta sexta-feira, 26, a Polícia Federal (PF) brasileira e o FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, conduziram um depoimento conjunto de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro. Este depoimento ocorreu por videoconferência e é parte do acordo de delação premiada de Cid com a PF.

Detalhes do acordo e investigação transnacional

A oitiva está inserida em um contexto mais amplo de cooperação internacional, fundamentada em um acordo de cooperação entre as autoridades brasileiras e americanas. O foco desta sessão está nos inquéritos relacionados às acusações de irregularidades envolvendo joias sauditas e a fraude em cartões de vacinação, que implicam o entorno do ex-presidente.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Mobilização da PF e objetivos da investigação

Uma equipe da Polícia Federal embarcou para os Estados Unidos na última quarta-feira, 24, após receber a autorização do FBI para compartilhamento de dados essenciais à investigação. O deslocamento inclui a coleta de provas em quatro cidades americanas: Miami, Orlando, Nova York e Wilson Grove.

Etapas e expectativas da missão nos EUA

Além do depoimento de Mauro Cid, a missão da PF visa coletar documentos e imagens relevantes que contribuam para a conclusão dos inquéritos. Estão previstos também depoimentos de comerciantes envolvidos nas transações das joias controversas.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares