Dreams
quinta-feira, 25 julho 2024
spot_imgspot_img

MST planeja 50 ocupações em Abril Vermelho para pressionar por reforma agrária

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) intensifica suas ações com 50 ocupações planejadas até o fim de abril, buscando acelerar a reforma agrária sob o governo Lula.

Abril Vermelho: MST promete realizar 50 ocupações até fim do mês

Objetivo de acelerar a reforma agrária

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) anunciou planos de intensificar suas ações até o final de abril, com o objetivo de realizar mais de 50 ocupações de terra. Esta iniciativa faz parte do Abril Vermelho, mês dedicado à memória dos 21 trabalhadores rurais assassinados em 1996, em Eldorado do Carajás, e visa pressionar o governo de Luiz Inácio Lula da Silva para acelerar a implementação da reforma agrária no Brasil.

Ações e mobilizações do MST

Até o momento, o MST já realizou 26 ocupações e estabeleceu cinco novos acampamentos, com atividades espalhadas por 18 estados e o Distrito Federal. Entre as ações destacam-se a montagem de acampamentos em defesa da reforma agrária e ocupações em instituições como o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), além de manifestações e assembleias populares em diversos estados.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Reivindicações e expectativas do MST

Em comunicado, o MST expressou que essas mobilizações são cruciais para cobrar a realização efetiva da reforma agrária e para mostrar a insatisfação com o ritmo de criação de assentamentos no atual governo. Em 2023, o governo federal assentou 50,6 mil famílias, um número considerado insuficiente pelo movimento, que aponta a existência de mais de 70 mil famílias ainda em condição de acampamento.

Resposta do governo ao Abril Vermelho

Respondendo às ações do MST, o presidente Lula anunciou o lançamento do programa Terra da Gente, destinado a ampliar e acelerar a reforma agrária no país. Este programa é visto como uma resposta direta às demandas levantadas pelo MST durante o Abril Vermelho e outras mobilizações.

 

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares