Dreams
segunda-feira, 22 julho 2024
spot_imgspot_img

Como lidar com a impulsividade no TDAH: 8 atitudes comuns e soluções

A impulsividade é um dos sintomas mais desafiadores do TDAH. Conheça 8 comportamentos impulsivos comuns e estratégias eficazes para gerenciá-los.

Entendendo a impulsividade no TDAH

A impulsividade é uma característica distintiva do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), afetando diretamente a capacidade das pessoas de controlar reações e tomar decisões ponderadas. A médica Iva Tereza Van Fraga destaca que essa impulsividade é atribuída a uma disfunção no córtex pré-frontal, essencial para funções como planejamento e autocontrole.

Comportamentos impulsivos comuns no TDAH

Pessoas com TDAH podem apresentar várias atitudes impulsivas, incluindo:

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

  • Dificuldade em adiar gratificações;
  • Engajamento em comportamentos de risco;
  • Interrupções frequentes e dificuldade em esperar a vez;
  • Decisões precipitadas, como sair de um emprego subitamente;
  • Agir sem considerar as consequências;
  • Compulsões variadas;
  • Iniciar relacionamentos de forma abrupta;
  • Gastos compulsivos.

Tratamento e melhoria da impulsividade

Embora desafiador, é possível melhorar o controle da impulsividade no TDAH. A abordagem deve ser multidisciplinar, combinando medicamentos, terapias comportamentais e estratégias de manejo ambiental.

  • Medicação: Estimulantes como metilfenidato e anfetaminas são comuns no tratamento do TDAH, assim como opções não estimulantes, que ajudam a melhorar o foco e reduzir a impulsividade.
  • Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC): Essa abordagem ajuda os pacientes a identificar, desafiar e alterar padrões de pensamento e comportamento impulsivos, promovendo habilidades de autorregulação.
  • Terapia de Grupo: Proporciona um espaço de aprendizado e suporte mútuo, facilitando a troca de estratégias entre indivíduos que enfrentam desafios semelhantes.
  • Estratégias de Manejo Ambiental: A organização do espaço físico, a criação de rotinas e o uso de técnicas de planejamento podem contribuir significativamente para reduzir a impulsividade.

Conclusão: superando a impulsividade no TDAH

Embora a impulsividade no TDAH represente um desafio, com as estratégias corretas e o suporte adequado, é possível gerenciar efetivamente esse sintoma. O envolvimento da família, o comprometimento com o tratamento e a adoção de hábitos saudáveis são fundamentais para alcançar melhores resultados.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares