Dreams
terça-feira, 23 julho 2024
spot_imgspot_img

Efeitos colaterais do Ozempic: Entre a perda de peso e “Cabeça de Ozempic”

O medicamento Ozempic, famoso por sua associação com a perda de peso, gerou debates nas redes sobre o inusitado efeito colateral apelidado de "cabeça de Ozempic". Descubra o que está por trás desse fenômeno.

Entenda os efeitos colaterais do Ozempic

A ascensão do Ozempic na perda de peso

O medicamento Ozempic, originalmente destinado ao tratamento do diabetes tipo 2, alcançou notoriedade mundial devido à sua eficácia na perda de peso. Este fenômeno catapultou o remédio, cujo princípio ativo é a semaglutida, para os holofotes, promovendo vendas expressivas apesar de seu alto custo. No entanto, como qualquer medicação, o Ozempic não está isento de efeitos colaterais.

“Cabeça de Ozempic”: Mito ou verdade?

A curiosa noção de “cabeça de Ozempic”, onde a cabeça parece desproporcional ao corpo após a perda de peso, causou furor nas redes sociais. Esse debate foi ampliado após a divulgação de um vídeo da cantora e youtuber Mari Fernandez, que acumulou milhões de visualizações e comentários no TikTok. Embora esta alegação específica careça de evidências científicas, a popularidade do termo “cabeça de Ozempic” reflete a atenção que o medicamento tem recebido online.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

O Fenômeno do “Rosto Ozempic”

Além do debate sobre a “cabeça de Ozempic”, outro efeito colateral denominado “rosto Ozempic” tem sido relatado por usuários. Esta condição caracteriza-se pela flacidez da pele facial, conferindo uma aparência mais envelhecida. Especialistas explicam que a rápida perda de gordura facial, responsável por dar contorno e suporte à pele, pode levar a alterações dermatológicas significativas.

cabeça de ozempic,efeitos colaterais,perda de peso,rosto de ozempic
No “rosto Ozempic”, a pele fica solta e caída, aumentando as marcas de expressão e rugas. (Imagem: Reprodução/Medical News Today) – Fonte: Medical News Today

Os Riscos do uso indevido do Ozempic

A popularidade do Ozempic na promoção da perda de peso trouxe consigo o risco de uso indevido. O medicamento deve ser prescrito e administrado sob orientação médica, especialmente porque pode provocar uma série de efeitos adversos, como náuseas, vômitos, diarreia, constipação e reações alérgicas, entre outros. No Brasil, a Anvisa aprovou um medicamento semelhante, Wegovy, também à base de semaglutida, para o tratamento da obesidade e sobrepeso em adolescentes a partir dos 12 anos.

A trajetória do Ozempic destaca a complexidade em torno do uso de medicamentos para a perda de peso. Enquanto a promessa de resultados rápidos pode ser tentadora, é crucial considerar os potenciais efeitos colaterais e a importância de uma abordagem médica responsável. A saúde deve sempre ser priorizada, com tratamentos baseados em evidências e supervisão profissional adequada.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares