Dreams
sexta-feira, 21 junho 2024
spot_imgspot_img

Violência policial em evento na USP com Governador Tarcísio é questionada

Diretor da Faculdade de Direito da USP exige investigação sobre violência policial contra estudantes durante evento com a presença do governador Tarcísio de Freitas.

Faculdade de Direito da USP exige investigação após violência policial em evento com Governador

O diretor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), Celso Fernandes Campilongo, está cobrando uma investigação rigorosa após um incidente de violência policial ocorrido durante a posse do novo chefe do Ministério Público estadual de São Paulo. O evento, que contou com a presença do governador Tarcísio de Freitas, foi marcado por protestos de estudantes e uma resposta policial que agora é questionada.

Detalhes do incidente

O incidente ocorreu na sexta-feira (24), quando estudantes da USP protestavam pacificamente contra a presença do governador no campus. Segundo relatos, os policiais militares reagiram de maneira violenta e desproporcional, levando a agressões físicas contra os manifestantes. O diretor da faculdade, que estava presente, registrou um boletim de ocorrência eletrônico descrevendo a violência como “absolutamente injustificada”.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Reações e declarações oficiais

Em resposta aos acontecimentos, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirmou que as imagens do incidente estão sendo analisadas e que uma investigação preliminar está em andamento. No entanto, o diretor da faculdade expressa preocupação com a lentidão da resposta oficial e sugere uma possível “má vontade” na condução do caso.

Participação dos estudantes e contexto do protesto

Os estudantes, representados por organizações como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Diretório Central dos Estudantes da USP, criticaram políticas do governo e a presença do governador no evento. A manifestação pretendia ser um espaço democrático de expressão, que acabou sendo marcada por confrontos.

Resposta acadêmica e Jurídica

A Faculdade de Direito da USP e seu diretor estão ativamente envolvidos em buscar justiça para os estudantes afetados. A instituição, sentindo-se também vítima da situação, apela por uma resolução justa e transparente que responsabilize os envolvidos na ordem das agressões.

Implicações mais amplas e próximos passos

Este incidente destaca questões mais amplas sobre a segurança e a conduta policial em eventos públicos, especialmente em ambientes educacionais. Com o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania também engajado, espera-se que haja uma investigação abrangente que não apenas esclareça os eventos, mas também promova medidas para evitar recorrências futuras.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares