Dreams
domingo, 21 julho 2024
spot_imgspot_img

Sílvio Humberto questiona integração de Igor Kannário ao PSB em Salvador

O vereador Sílvio Humberto expressa preocupações com a adesão de Igor Kannário ao PSB, destacando possíveis conflitos ideológicos e a complexidade do cenário político atual em Salvador.

Sílvio Humberto levanta questões sobre a adesão de Igor Kannário ao PSB

Resistência interna e preocupações ideológicas

O único representante do PSB na Câmara Municipal de Salvador, Sílvio Humberto, expressou preocupações significativas com a recente filiação de Igor Kannário ao partido. Apesar da aprovação da direção estadual, a entrada de Kannário enfrentou forte resistência na executiva municipal, sendo reprovada por 14 votos a 2. Humberto, ecoando as preocupações de outros membros do partido, enfatizou a necessidade de alinhar as práticas políticas com os valores ideológicos do PSB, citando a falta de “aderência” do projeto político de Kannário com os ideais do partido.

Crítica ao pragmatismo político

Em suas declarações, Humberto criticou o que ele vê como um excesso de pragmatismo dentro do partido, argumentando que isso pode comprometer os princípios ideológicos. Ele compartilhou suas experiências de trabalho com Kannário, descrevendo-o como alguém que, embora eficaz em comunicar com certos segmentos da juventude, possa não estar plenamente preparado para as complexidades do xadrez político, comparando sua abordagem à de “quem joga damas”.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Desafios raciais e políticos em Salvador

A entrevista também tocou em questões mais amplas de representação racial na política de Salvador. Humberto abordou o “racismo institucional” como uma barreira para a unidade em torno de candidaturas negras, apesar de Salvador ter a maior população preta fora da África. Ele lamentou que, historicamente, as elites locais tenham mantido o controle econômico e político, limitando as oportunidades para lideranças negras emergirem.

O legado de Edvaldo Brito

Humberto mencionou Edvaldo Brito, o único prefeito negro de Salvador, que foi nomeado durante a ditadura militar e não eleito por voto popular. Esse fato histórico, segundo ele, reflete as contínuas dificuldades enfrentadas por candidatos negros na cidade, destacando a importância de confrontar e discutir abertamente essas questões dentro dos partidos e na sociedade em geral.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares