Dreams
segunda-feira, 15 julho 2024
spot_imgspot_img

Rosângela Moro critica projeto do PT sobre mudança de domicílio eleitoral

Deputada Rosângela Moro rebate projeto do PT que visa proibir a mudança de domicílio eleitoral durante o mandato, chamando a iniciativa de "chororô".

Rosângela Moro critica projeto do PT sobre mudança de domicílio eleitoral

A deputada federal Rosângela Moro (União-SP), esposa do senador Sérgio Moro, transferiu seu título de eleitor para o Paraná, alinhando seu domicílio eleitoral ao de seu marido. Ao comentar sobre o projeto de lei do Partido dos Trabalhadores (PT), que busca proibir a alteração de domicílio eleitoral durante o exercício de mandato, Rosângela classificou a proposta como “chororô”.

No X (antigo Twitter), a parlamentar manifestou:

“E segue o chororô! Zequinha deveria deixar de se preocupar comigo e pensar no que ele e a presidenta do PT podem fazer para recuperar o que resta do PT no Paraná”, referindo-se aos deputados Zeca Dirceu (PT-PR) e Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Contexto da Mudança de Domicílio

Rosângela Moro, eleita por São Paulo com mais de 217 mil votos, fez a transferência de seu título para o Paraná no início deste ano. O PT tentou barrar essa mudança, argumentando que a deputada deveria manter seu domicílio eleitoral em São Paulo, por ter sido eleita por esse estado. No entanto, Rosângela defende que a “transferência do domicílio eleitoral é um direito de todo cidadão brasileiro” e assegura que continuará representando São Paulo, mantendo seu escritório na capital paulista e sua agenda pelo estado.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Projeto de Lei do PT

Em resposta a essa controvérsia, Zeca Dirceu protocolou um projeto de lei que propõe a alteração de dois artigos na legislação eleitoral e nos partidos, objetivando vetar a mudança de domicílio eleitoral durante o mandato, com penalidade de perda do mandato para quem infringir a regra.

Zeca Dirceu criticou a atitude da deputada, descrevendo-a como “uma aberração e um desrespeito à população do Paraná e de São Paulo”, enfatizando a necessidade de modificar a legislação para prevenir o que considera oportunismo eleitoral.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares