Dreams
quarta-feira, 24 julho 2024
spot_imgspot_img

PF intensifica investigações sobre Bolsonaro por tentativas de golpe e conexões com eventos de 8/1

Investigação da PF coloca Bolsonaro como líder de organização criminosa visando golpe de Estado para manutenção no poder, com paralelos aos ataques ao Capitólio.

Inquérito da PF foca em Bolsonaro sob suspeita de golpe

Os eventos de 6 de janeiro de 2021, com os ataques de apoiadores de Donald Trump ao Capitólio nos Estados Unidos, influenciaram diretamente o inquérito das milícias digitais no Brasil, voltado a prevenir atos golpistas liderados por Jair Bolsonaro (PL). O ex-presidente agora é investigado como figura central de uma organização criminosa que objetivava um golpe de Estado para sua permanência no poder.

Desenvolvimento da investigação

Inicialmente conhecida como o inquérito dos atos antidemocráticos, a investigação encontrou obstáculos inicialmente, atribuídos à postura de Augusto Aras, procurador-geral da República indicado por Bolsonaro. Com o passar dos anos, sob a autoridade do ministro Alexandre de Moraes, do STF, as investigações ganharam corpo, culminando na apreensão do passaporte de Bolsonaro e em buscas contra importantes figuras das Forças Armadas.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Contrastes e avanços nas apurações

A investigação destacou-se por evidenciar não apenas o papel de Bolsonaro e seus aliados mas também por expor desalinhamentos entre Aras e Moraes. Sob a gestão de Paulo Gonet, nomeado por Lula, houve uma maior sinergia, com a PGR apoiando as solicitações da PF que levaram à operação Tempus Veritati.

Origens e evolução do inquérito

A partir de 2020, o inquérito dos atos antidemocráticos, solicitado por Aras, começou a investigar a escalada golpista em torno de Bolsonaro, desde a campanha de desinformação durante a pandemia até os ataques ao sistema eleitoral em 2021. Com a saída da delegada Denisse Ribeiro, o delegado Fabio Shor deu continuidade às investigações, focando no envolvimento de Bolsonaro e seu círculo próximo.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares