Dreams
terça-feira, 23 julho 2024
spot_imgspot_img

Embaixada da Hungria demite funcionários após vazamento de imagens de Bolsonaro

Funcionários da embaixada da Hungria são demitidos após vazamento de imagens mostrando a estadia de Jair Bolsonaro durante a pandemia.

Funcionários são demitidos na Embaixada da Hungria por vazamento de imagens de Bolsonaro

A embaixada da Hungria em Brasília tomou a decisão de desligar funcionários após o vazamento de imagens de seu circuito interno de segurança, que revelaram a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro nas dependências da missão diplomática. Informações divulgadas pela CNN Brasil e confirmadas pela Folha apontam que pelo menos um colaborador brasileiro foi afetado pela medida.

Detalhes do vazamento

As imagens divulgadas pelo The New York Times em março mostram que Bolsonaro esteve na embaixada da noite de 12 de fevereiro até a tarde do dia 14. Esse período coincide com a apreensão do passaporte de Bolsonaro pela Polícia Federal, como parte de investigações sobre supostas tentativas de subverter o resultado eleitoral em favor do ex-presidente.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Reação da Embaixada

Segundo relatos, a embaixada agiu ao demitir os empregados que acessaram o sistema de câmeras, apesar da ausência de provas diretas que os vinculassem ao vazamento. Bolsonaro, que mantém laços estreitos com Viktor Orbán, líder da Hungria, estava acompanhado por dois seguranças durante sua estadia.

Consequências diplomáticas

A presença de Bolsonaro na embaixada, uma propriedade protegida pelas convenções diplomáticas, sugere um possível refúgio contra ações legais. Durante sua estadia, Bolsonaro convocou uma manifestação em São Paulo, pedindo anistia para os participantes dos atos de 8 de janeiro.

A Polícia Federal e o STF, através do ministro Alexandre de Moraes, iniciaram uma investigação sobre a estadia de Bolsonaro na embaixada, solicitando esclarecimentos sobre os motivos da hospedagem.

Posição de Bolsonaro

Em defesa, os representantes de Bolsonaro argumentam contra a ideia de que sua estadia na embaixada tenha sido uma tentativa de evasão, classificando tal suposição como “ilógica”.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares