Dreams
domingo, 14 julho 2024
spot_imgspot_img

Bolsonaristas resgatam vídeo de Pablo Marçal apoiando Janones para afastar eleitores

Aliados de Bolsonaro recuperam vídeo de apoio de Pablo Marçal a André Janones, buscando desmotivar eleitores do ex-presidente que consideram votar no coach para prefeito de São Paulo.

Bolsonaristas recuperam vídeo de Pablo Marçal apoiando Janones para espantar eleitores

Os bolsonaristas que apoiam a aliança do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) com o prefeito Ricardo Nunes (MDB), que disputará a reeleição, se preparam para abrir fogo contra o coach Pablo Marçal (PRTB).

Pré-candidato a prefeito de São Paulo, Marçal apareceu com 7% na pesquisa Datafolha de maio. O diagnóstico de aliados bolsonaristas do atual prefeito é o de que ele estaria “roubando” votos da direita, especialmente de eleitores de Bolsonaro.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Vídeo de apoio a Janones

Uma das balas do tiroteio é um vídeo em que Pablo Marçal aparece dando apoio ao deputado federal André Janones (Avante-MG) quando ele se lançou pré-candidato a presidente da República em 2022.

Janones se celebrizou posteriormente por deixar a candidatura e se transformar em um dos principais apoiadores da eleição de Lula (PT) —atacando impiedosamente Bolsonaro e seus seguidores nas redes sociais.

Estrategia dos bolsonaristas

Os bolsonaristas acreditam que as imagens de Marçal apoiando Janones têm o potencial de “aterrorizar e espantar” do coach os eleitores de Bolsonaro que hoje declaram voto nele.

O vídeo que está circulando nas redes foi recuperado por internautas. Um perfil no X (antigo Twitter), por exemplo, acrescentou à peça uma trilha sonora e escreveu: “Vídeo antigo. Só pra lembrar. Marçal e Janones”.

 

Declarações de Marçal no vídeo

Na gravação de 2022, Marçal aparece ao lado de Janones afirmando que estava “pegando bons conselhos” com o parlamentar.

“Ele, que chegou antes de mim, está provando aqui que, na política, a gente não precisa ter ciúme, a gente não precisa ter adversário, mas a gente precisa se unir pelo Brasil”, disse.

Janones concordou e afirmou ser necessário resgatar um “espírito democrático” para promover o diálogo. Na sequência, o coach sugeriu que as pessoas seguissem o deputado do Avante nas redes sociais.

Posicionamento atual de Marçal

“Segue o André Janones, é hora de conhecer ele. É o que eu acabei de falar para ele: se a população não tem acesso aos pré-candidatos ou aos candidatos no momento oportuno, significa que ela está levando um produto sem saber seu vício. Não tem como”, afirmou Marçal.

“Se você não conhece todos os candidatos, não estuda e se afunda, você fica como um refém da política”, seguiu, dizendo que era hora de o Brasil se politizar. “Para de ficar com nojo de política. Se você tem nojo de política, os nojentos vão governar você”, completou.

Posteriormente, Marçal passou a criticar o deputado e até mesmo a defender a punição a Janones junto ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados pela acusação de rachadinha.

Confronto com Boulos

O coach chegou a participar da sessão que livrou o parlamentar e bateu boca com Guilherme Boulos (PSOL-SP), pré-candidato à Prefeitura de São Paulo e relator do caso no colegiado.

“Ele está institucionalizando a rachadinha”, afirmou Marçal na ocasião. “Ele quer, com fábula, livrar Janones.”

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares