Dreams
quarta-feira, 24 julho 2024
spot_imgspot_img

Projeto “Cuidar de Quem Cuida” propõe auxílio a mães de autistas em Salvador

Conheça o projeto de lei "cuidar de quem cuida" que busca oferecer suporte financeiro e emocional a cuidadores de pessoas com autismo em Salvador. Veja como funciona.

“Cuidar de Quem Cuida”: Novo projeto em Salvador visa apoiar mães de autistas

No Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, o vereador André Fraga (PV) apresentou um projeto pioneiro na Câmara Municipal de Salvador: o “Cuidar de Quem Cuida”. O programa, proposto pelo Projeto de Lei (PL) 33/2024, objetiva fornecer auxílio financeiro e suporte emocional a mães e cuidadores de pessoas com deficiência e idosos acamados.

Benefícios e Administração do Programa

A iniciativa promete um auxílio financeiro mensal de um salário mínimo a famílias cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), administrado pela Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre).

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

“Essa medida é crucial para as mulheres que se dedicam integralmente ao cuidado de seus familiares com necessidades especiais, oferecendo a elas um reconhecimento e apoio necessário para que possam também cuidar de si mesmas,” explicou André Fraga.

Suporte Multiprofissional e Impacto no BPC

Além do auxílio financeiro, o “Cuidar de Quem Cuida” propõe um acompanhamento multiprofissional às famílias, incluindo visitas de terapeutas ocupacionais e psicólogos. Esses profissionais serão responsáveis por avaliar as necessidades de cada família, garantindo um suporte adequado tanto para o cuidador quanto para a pessoa cuidada.

Importante ressaltar, o programa é complementar a outros benefícios, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), e não interferirá na assistência já prestada por este.

Um passo adiante no suporte a famílias vulneráveis

O projeto “Cuidar de Quem Cuida” destaca-se como um avanço significativo no apoio a famílias que vivem em contextos de vulnerabilidade devido à deficiência de um ou mais membros. A proposta reforça a necessidade de uma rede de suporte ampliada, abordando não apenas as questões financeiras, mas também o bem-estar emocional e psicológico dos cuidadores, essenciais para a manutenção da qualidade de vida de todos os envolvidos.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares