Dreams
sábado, 20 julho 2024
spot_imgspot_img

Madre de Deus tem a maior cobertura de coleta de lixo da Bahia, aponta IBGE

Apesar de melhorias na coleta de lixo, Bahia avança pouco no ranking nacional, com destaque para Madre de Deus.

Desempenho da Bahia na coleta de lixo segundo o IBGE

Análise geral do cenário baiano

O IBGE divulgou dados reveladores sobre a coleta de lixo na Bahia, apontando um avanço modesto no ranking nacional. Apesar de 405 dos 417 municípios baianos, representando 97,1%, terem melhorado seus índices de coleta de lixo entre 2010 e 2022, o estado subiu apenas de 7ª para 8ª posição. A Bahia permanece entre os dez estados com menor acesso ao serviço de coleta de lixo, evidenciando um desafio contínuo na gestão de resíduos.

Regiões com maiores dificuldades

Destacam-se os municípios com os índices mais baixos de coleta: Campo Alegre de Lourdes, com apenas 25,6%, e várias cidades do Sudoeste, como Guajeru (30,3%), Lagoa Real (30,5%), Caetanos (31,1%) e Anagé (31,9%).

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Madre de Deus: exemplo de eficiência

Em contraste, Madre de Deus se destaca com um dos melhores percentuais, atingindo 99,6% de coleta de lixo. Este município, localizado na Região Metropolitana de Salvador (RMS), serve como modelo de eficácia na gestão de resíduos, demonstrando que é possível alcançar altos níveis de serviço de coleta de lixo com políticas públicas adequadas e investimento em infraestrutura.

Em entrevista exclusiva ao Minha Bahia, o prefeito Dailton Filho citou uma ação inédita na cidade, que é a coleta noturna inserida em sua gestão.

Sempre fomos muito preocupados com a situação da limpeza urbana e da coleta de lixo em nossa cidade, por isso inserimos a coleta noturna, a fim de fazer um “repasse” nas ruas, buscando também conscientizar a nossa população. Informou Dailton.

Outros municípios de destaque

Outras cidades que apresentam excelentes índices incluem Lauro de Freitas (99,2%), também na RMS; Luís Eduardo Magalhães (99,1%), no Extremo Oeste; Irecê (98,9%), no Centro Norte; e Salinas da Margarida (98,9%), na RMS.

Avanços e retrocessos na última década

O IBGE destacou os municípios que mais evoluíram e regrediram em 12 anos. Glória, no Norte, teve um salto de 26,2% para 83,6% na cobertura de coleta de lixo. Por outro lado, Ribeirão do Largo, no Sudoeste, viu sua cobertura reduzir de 55,1% para 48,4%.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares