Dreams
sábado, 25 maio 2024
spot_imgspot_img

Rodoviários de Salvador preparam greve geral por tempo indeterminado

Salvador pode enfrentar greve geral de rodoviários. Saiba mais sobre os preparativos e as demandas da categoria que levaram à escalada do conflito.

Preparativos para Greve Geral dos Rodoviários em Salvador

Os rodoviários de Salvador estão intensificando os preparativos para uma greve geral por tempo indeterminado, conforme anunciado após uma reunião decisiva que ocorreu nesta quarta-feira, 15, no terminal da Lapa. A categoria, insatisfeita com as propostas de reajuste oferecidas pelos empregadores, vê a greve como inevitável se não houver uma intervenção adequada dos órgãos mediadores.

Decisões Unânimes e Movimentos Jurídicos

Durante a reunião, a direção dos rodoviários decidiu, por unanimidade, iniciar os ritos jurídicos necessários para a preparação da greve. “Se os órgãos intermediadores não intervirem, não vai ter outro jeito”, afirmou Hélio Ferreira, presidente do Sindicato dos Rodoviários e vereador. Uma nova assembleia está marcada para a próxima quarta-feira, 22, para discutir e deliberar sobre os passos seguintes da mobilização.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Próximas Etapas e Intervenções Legais

A assembleia programada para 22 de maio ocorrerá nos dois turnos do dia e não afetará a saída dos ônibus, diferentemente das vezes anteriores. “A reunião será realizada no sindicato para obter a deliberação da categoria sobre a greve”, explicou Hélio. Com a escalada dos preparativos, espera-se a intervenção do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Superintendência Regional do Trabalho (SRTE) e potencialmente do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Contexto das Negociações

As tentativas de negociação entre o Sindicato dos Rodoviários e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) não alcançaram um acordo satisfatório. Na última tentativa, os empresários propuseram um aumento de apenas 1,24%, o que foi rejeitado pela categoria que reivindica um ajuste de 4% acima da inflação, além de melhorias em benefícios como ticket refeição.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares