Dreams
sábado, 13 julho 2024
spot_imgspot_img

STF concede mais 60 dias para PF concluir inquérito contra deputado Luis Tibé

Ministro do STF, Luiz Fux, amplia prazo para investigação da PF sobre o deputado Luis Tibé por uso indevido de recursos da Câmara.

Prorrogação na investigação de peculato

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou uma extensão de 60 dias no prazo para que a Polícia Federal (PF) finalize o inquérito que apura ações do deputado federal Luis Tibé (Avante-MG), acusado de peculato. Essa decisão vem após a Procuradoria-Geral da República (PGR) se posicionar favoravelmente à solicitação de mais tempo pela PF, destacando a necessidade de concluir pelo menos dois depoimentos pendentes na investigação.

Detalhes da acusação

Luis Tibé é investigado por supostamente utilizar notas fiscais falsas para comprovar despesas com gráficas, referentes à divulgação de atividades parlamentares. A investigação, iniciada em 2022 a partir de uma denúncia anônima, sugere a possibilidade de apropriação indevida de recursos, com indícios apontando para um desvio de quase 100 mil reais dos cofres da Câmara dos Deputados entre os anos de 2015 e 2018.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Próximos passos do processo

Com a entrega do relatório final da PF, a Procuradoria-Geral da República terá a tarefa de analisar as evidências coletadas para decidir sobre o envio de uma denúncia formal contra o deputado Tibé ao STF. Este processo não possui um prazo determinado, mantendo o desfecho da investigação em aberto.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares