Dreams
segunda-feira, 15 julho 2024
spot_imgspot_img

Mauro Cid é preso após críticas à PF e depoimento no STF

Ex-assessor de Bolsonaro, Mauro Cid, é detido novamente, desta vez por acusações envolvendo a Polícia Federal e declarações sobre o Ministro Alexandre de Moraes.

Detenção de Mauro Cid: Novas acusações pós-depoimento no STF

Contexto da prisão: entre críticas à PF e audiências no Supremo

Nesta sexta-feira (22), Mauro Cid, conhecido por seu papel como ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro, encontrou-se novamente sob custódia das autoridades brasileiras. Sua prisão ocorreu logo após um depoimento no Supremo Tribunal Federal (STF), centrado em áudios vazados nos quais Cid expressa críticas ao Ministro Alexandre de Moraes e à Polícia Federal.

Audiência e áudios vazados: a polêmica que levou à prisão

A prisão preventiva de Cid foi determinada pelo Ministro Alexandre de Moraes, destacando o não cumprimento de medidas cautelares e possíveis ações de obstrução à Justiça por parte do militar. Após a audiência, Cid foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) pela PF, onde procedimentos padrões foram realizados.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Revelações de uma conversa, divulgadas pela revista Veja, adicionam camadas à controvérsia envolvendo Cid. Nos áudios, ele relata pressões durante interrogatórios da PF, sugerindo que havia um desejo por parte dos agentes de moldar seu depoimento a uma narrativa preestabelecida, algo que Cid nega ter acatado.

Entre a verdade e a narrativa: as afirmações de Cid

“Eles queriam que eu falasse coisa que eu não sei, que não aconteceu”, disse Mauro Cid, conforme reportado pela Veja. Ele acrescenta: “Eles estão com a narrativa pronta. Eles não queriam saber a verdade, eles queriam só que eu confirmasse a narrativa deles.”

Consequências e reflexões: o cenário pós-prisão

Este novo capítulo na trajetória de Mauro Cid lança luz sobre as tensões existentes entre figuras associadas ao governo anterior e instituições de justiça e ordem. Com a prisão baseada em acusações sérias, emergem questionamentos sobre a liberdade de expressão, o processo legal e a relação entre poderes no Brasil.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares