Dreams
domingo, 21 julho 2024
spot_imgspot_img

Ex-prefeito de Itaberaba pode enfrentar prisão após julgamento decisivo

Julgamento na próxima quarta-feira decide futuro de João Almeida Mascarenhas Filho, com possível condenação superior a 5 anos.

Ex-prefeito de Itaberaba pode ter prisão decretada após julgamento

João Almeida Mascarenhas Filho pode ser condenado a mais de 5 anos de prisão

A comunidade de Itaberaba, no centro-norte da Bahia, aguarda com expectativa o julgamento da ação penal marcado para a próxima quarta-feira, dia 3. A sessão judiciária determinará se o ex-gestor municipal, João Almeida Mascarenhas Filho, será condenado a uma pena de prisão superior a cinco anos por crimes de responsabilidade.

Mobilização local em antecipação ao julgamento

Alguns moradores organizam uma manifestação a favor de que os embargos infringentes sejam julgados sem interrupções. A preocupação gira em torno da possibilidade de não conclusão do caso, o que beneficiaria o ex-prefeito devido à urgência de definição da sua inelegibilidade.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Pedido de revisão da pena pelo ex-prefeito

Em fevereiro deste ano, João Almeida Mascarenhas fez um pedido de revisão da pena imposta. Ele é acusado pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) de utilizar os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para fins de autopromoção, incluindo sua fotografia nos documentos, uma prática proibida pela legislação.

Continuação na política apesar das acusações

Apesar das acusações e da ameaça de condenação, João Almeida Mascarenhas ainda se posiciona como pré-candidato à prefeitura do município nas próximas eleições. Sua trajetória política tem sido marcada pela figura de réu em diversas ações penais e civis públicas, destacando-se um histórico conturbado na administração pública.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares