Dreams
segunda-feira, 22 julho 2024
spot_imgspot_img

Operação Átria na Bahia: 60 prisões por violência contra mulheres em 15 dias

Ação policial intensiva combate a violência doméstica e familiar, alcançando resultados significativos na primeira quinzena de março.

Resultados impactantes da Operação Átria contra a violência de Gênero

No coração da Bahia, a Operação Átria, conduzida pela Polícia Civil, marca um período de intensa atividade no combate à violência contra as mulheres. Nos primeiros 15 dias de março, a operação conseguiu prender 60 suspeitos envolvidos em crimes de violência doméstica e familiar.

Abrangência e efetividade das prisões

As ações da operação resultaram em prisões por flagrante e pelo cumprimento de mandados judiciais, abrangendo tanto a sede do município de Teixeira de Freitas quanto suas áreas rurais, distritos e povoados. Além das prisões, cinco adolescentes foram apreendidos e 14 pessoas foram conduzidas para as unidades policiais em várias cidades baianas.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Registros e inquéritos: Uma visão quantitativa

Durante este período, as unidades especializadas registraram 345 Boletins de Ocorrência, instauraram 234 inquéritos policiais, e encaminharam 248 casos ao Poder Judiciário, solicitando 228 medidas protetivas de urgência e outras 43 medidas cautelares.

Educação e sensibilização como ferramentas de mudança

Para complementar as ações de repressão, a Operação Átria promoveu 128 atividades educativas, como palestras e panfletagens, impactando 12.895 pessoas. Essas ações educativas foram realizadas em diversas comunidades, visando aumentar a conscientização sobre a importância da luta contra a violência de gênero.

Continuidade e perspectivas da Operação Átria

Com previsão de continuação até o final de março, a operação é um esforço conjunto do Departamento de Proteção à Mulher, Cidadania e Pessoas Vulneráveis (DPMCV) através das Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (Deams), e pelo Departamento de Polícia do Interior (Depin), reforçando o compromisso da Bahia na proteção dos direitos das mulheres.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares