Dreams
terça-feira, 23 julho 2024
spot_imgspot_img

Nova concessão ferroviária Bahia-Minas: Um futuro sem a VLI Logística

Governo negocia devolução de trechos ferroviários da Bahia pela VLI Logística, prometendo renovação e investimentos no setor.

A Bahia se prepara para nova era Ferroviária sem a VLI Logística

A renovação antecipada da concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), beneficiando a VLI Logística, vai acontecer, mas excluindo os trechos na Bahia. Este é o plano atualmente em negociação pelo governo federal, com consulta pública prevista para abril, segundo o Secretário Especial do Programa de Parcerias de Investimentos da Casa Civil, Marcus Cavalcanti.

A mudança beneficia a Bahia

Após quase três décadas sob a gestão da VLI Logística, a Bahia testemunhou o abandono e a falta de investimentos significativos em seus trechos ferroviários. Agora, com a proposta de devolução desses trechos, abre-se a possibilidade para revitalização e novos investimentos na infraestrutura ferroviária do estado.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Termos da devolução

A VLI Logística será obrigada a indenizar os trechos devolvidos e o dano causado pelo abandono de muitos deles, com valores ajustados especialmente para vias que transportam cargas perigosas. A Bahia, ao lado do Espírito Santo e do Rio de Janeiro, beneficiar-se-á da outorga paga pela renovação da concessão do trecho que vai de Corinto à região Sudeste.

Planos futuros para a Ferrovia Bahia/Minas

Com os recursos obtidos, o governo pretende estabelecer uma nova concessão por meio de Parceria Público Privada, visando atrair empresas interessadas em revitalizar e operar a linha Salvador/Corinto. Este movimento é visto como fundamental para o desenvolvimento dos corredores ferroviários da Bahia, prometendo melhorar significativamente o transporte de cargas e a integração regional.

A indenização e a nova Concessão

A necessidade de uma indenização expressiva é evidente, considerando os anos de descuido e a falta de cumprimento dos investimentos prometidos pela VLI. Livre desta gestão, a Bahia mira na formação de corredores ferroviários estratégicos, como o Centro-Leste e o Integração Sudeste-Nordeste, que prometem revitalizar o setor ferroviário estadual.

O Futuro ferroviário da Bahia

Com a perspectiva de novos investimentos e a operação conjunta com outras linhas como a Fiol e a Fico, a Bahia se prepara para superar o gargalo ferroviário e abrir novas vias para o desenvolvimento econômico e logístico. O secretário Marcus Cavalcanti expressa otimismo quanto ao potencial transformador dessa nova concessão para a integração ferroviária do estado.

Este momento representa um marco importante para a Bahia, que busca não apenas superar os desafios impostos pela gestão anterior, mas também avançar rumo a um futuro com infraestrutura ferroviária moderna, eficiente e integrada, beneficiando a economia estadual e nacional.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares