Dreams
quinta-feira, 13 junho 2024
spot_imgspot_img

Otto Alencar afirma que o PSD não busca liderança nas eleições municipais

Senador Otto Alencar afirma que o PSD não trabalha para manter liderança nas eleições municipais, buscando uma abordagem mais natural e menos competitiva.

PSD não visa manter liderança, declara Otto Alencar

Em recente declaração, o senador Otto Alencar destacou que o Partido Social Democrático (PSD) não tem como objetivo manter sua posição de liderança nas eleições municipais deste ano, apesar de ser uma das legendas com maior número de prefeituras na Bahia.

Posição natural do partido

Durante uma entrevista coletiva nesta segunda-feira, Otto Alencar expressou que o PSD aborda as eleições de maneira orgânica, sem forçar a adesão de candidatos. “Nós nunca trabalhamos para manter liderança absolutamente até porque nunca forçamos nenhum candidato a prefeito, vereador ou deputado estadual ou federal a vir participar, é uma coisa natural”, afirmou o senador.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Estrutura e militância do PSD

O PSD, segundo Alencar, conta com uma base sólida de militantes e representantes eleitos que contribuem ativamente para o crescimento do partido. “Temos nove deputados estaduais e seis federais, todos atuantes. Nosso partido tem uma clara posição de centro social e não está focado apenas em competições eleitorais”, disse.

Expectativas para as eleições

O senador também projetou um cenário otimista para as próximas eleições municipais, mencionando que espera um processo eleitoral tranquilo e pacífico, apesar das tensões políticas em nível nacional. “O que nós esperamos é que transcorra em paz esse tensionamento que está tendo a nível nacional”, comentou.

Preocupações com o cenário político nacional

Alencar expressou preocupação com o radicalismo político no Brasil, especialmente no que tange às posições extremas que estão sendo defendidas. “No Senado, por exemplo, estou há nove anos e nunca vi um momento com uma política tão radical de extrema direita como agora”, lamentou o senador, destacando a defesa de teses conservadoras e arcaicas que contrastam com o ideal democrático.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares