Dreams
sexta-feira, 24 maio 2024
spot_imgspot_img

Petrobras registra lucro de R$ 23,7 bilhões no primeiro trimestre de 2024

Petrobras enfrenta queda de 37,9% no lucro líquido no primeiro trimestre de 2024, totalizando R$ 23,7 bilhões, abaixo das expectativas do mercado. Descubra os fatores por trás dessa redução e as perspectivas para o futuro da empresa.

Análise do Desempenho Financeiro da Petrobras no 1T24

A Petrobras (PETR4) anunciou um lucro líquido de R$ 23,7 bilhões no primeiro trimestre de 2024, evidenciando uma queda significativa de 37,9% em relação ao mesmo período do ano anterior e de 23,7% em comparação ao trimestre anterior. Este resultado ficou abaixo das expectativas do mercado, que previa um lucro de R$ 30,1 bilhões segundo o consenso da LSEG.

Dividendos e Impactos no Mercado

A companhia declarou o pagamento de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP), totalizando R$ 13,45 bilhões, o que corresponde a R$ 1,04 por ação. Esse anúncio segue uma tradição de retorno ao acionista, mesmo diante de um cenário de recuo nos resultados.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Causas Principais para a Queda nos Lucros

Os principais fatores que influenciaram a queda nos lucros foram a redução dos volumes de vendas e a diminuição dos preços do petróleo, além da margem de diesel. Apesar dos preços do petróleo se manterem elevados, a Petrobras enfrentou desafios, incluindo paradas de manutenção, que impactaram diretamente sua produção e vendas.

Produção e Vendas da Petrobras

A Petrobras produziu, em média, 2,77 milhões de barris de óleo equivalente por dia no trimestre, uma queda de 5,4% em relação ao trimestre anterior, embora tenha registrado um aumento de 3,2% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas diminuíram 4,9% em comparação com o último trimestre de 2023, evidenciando os desafios operacionais enfrentados pela companhia.

Resultados Financeiros e Dívida

O resultado financeiro líquido apresentou um saldo negativo de R$ 9,6 bilhões, um aumento significativo nas perdas em comparação ao mesmo período do ano anterior. A dívida líquida da Petrobras também cresceu, alcançando US$ 43,646 bilhões em 31 de março de 2024, o que representa um aumento de 16,1% em relação a 2023.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares