Dreams
sexta-feira, 21 junho 2024
spot_imgspot_img

Consumo nacional movimentará R$ 7,3 trilhões em 2024

Descubra como o consumo das famílias brasileiras vai impulsionar a economia em 2024, movimentando trilhões e refletindo mudanças significativas no mercado!

Expansão Econômica: Consumo no Brasil Deve Movimentar R$ 7,3 Trilhões em 2024

O consumo das famílias brasileiras está projetado para alcançar o montante de R$ 7,3 trilhões em 2024, marcando um aumento real de 2,5% em relação ao ano anterior, segundo a pesquisa IPC Maps 2024. Este aumento acompanha a expectativa de crescimento do PIB de 2,2% para o ano.

Análise Detalhada do Consumo por Região

A pesquisa destaca uma tendência contínua de descentralização do consumo das capitais para o interior, com as regiões metropolitanas respondendo por 45,06% do consumo total, enquanto o interior demonstra um aumento na participação para 54,94%. Este padrão reflete uma redistribuição geográfica do potencial de consumo nacional.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Crescimento e Desafios do Mercado Empresarial

O levantamento também revela um crescimento de 8,1% no perfil empresarial do país, indicando a abertura de quase 2 milhões de novas unidades empresariais nos setores de indústria, serviços, comércio e agribusiness. Este aumento de novas empresas é visto como um sinal positivo para a economia, apesar dos desafios atuais, incluindo a tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul que afetou a expectativa de consumo regional.

Perfil de Consumo das Diversas Classes Sociais

No panorama econômico, a classe B2 continua liderando os gastos, representando cerca de R$ 1,7 trilhão. As classes C1 e C2, que formam quase metade das residências, totalizam R$ 2,2 trilhões em gastos, mostrando a importância significativa dessas faixas na economia. O grupo D/E, apesar de consumir menos, ainda representa um significativo R$ 675,8 bilhões.

Impacto dos Veículos Próprios no Orçamento Familiar

A pesquisa aponta que a despesa com veículos próprios continua a ser uma prioridade para as famílias, comprometendo 12,5% do orçamento familiar, uma tendência que se intensificou com a pandemia e a consequente demanda por transportes via aplicativos e deliveries.

Expansão econômica: Consumo no Brasil deve movimentar R$ 7,3 trilhões em 2024

O consumo das famílias brasileiras está projetado para alcançar o montante de R$ 7,3 trilhões em 2024, marcando um aumento real de 2,5% em relação ao ano anterior, segundo a pesquisa IPC Maps 2024. Este aumento acompanha a expectativa de crescimento do PIB de 2,2% para o ano.

Análise detalhada do consumo por região

A pesquisa destaca uma tendência contínua de descentralização do consumo das capitais para o interior, com as regiões metropolitanas respondendo por 45,06% do consumo total, enquanto o interior demonstra um aumento na participação para 54,94%. Este padrão reflete uma redistribuição geográfica do potencial de consumo nacional.

Crescimento e desafios do mercado empresarial

O levantamento também revela um crescimento de 8,1% no perfil empresarial do país, indicando a abertura de quase 2 milhões de novas unidades empresariais nos setores de indústria, serviços, comércio e agribusiness. Este aumento de novas empresas é visto como um sinal positivo para a economia, apesar dos desafios atuais, incluindo a tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul que afetou a expectativa de consumo regional.

Perfil de consumo das diversas classes sociais

No panorama econômico, a classe B2 continua liderando os gastos, representando cerca de R$ 1,7 trilhão. As classes C1 e C2, que formam quase metade das residências, totalizam R$ 2,2 trilhões em gastos, mostrando a importância significativa dessas faixas na economia. O grupo D/E, apesar de consumir menos, ainda representa um significativo R$ 675,8 bilhões.

Impacto dos Veículos Próprios no Orçamento Familiar

A pesquisa aponta que a despesa com veículos próprios continua a ser uma prioridade para as famílias, comprometendo 12,5% do orçamento familiar, uma tendência que se intensificou com a pandemia e a consequente demanda por transportes via aplicativos e deliveries.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares