Dreams
sábado, 25 maio 2024
spot_imgspot_img

Investigação é aberta após PM ser filmada agredindo mãe acusada de violência infantil em Pernambuco

Assista o vídeo onde uma policial militar é filmada agredindo mulher em Pernambuco; incidente levantou questões sobre violência infantil e conduta policial.

Policial militar filmada agredindo mulher em Vitória de Santo Antão

A Polícia Federal iniciou uma investigação sobre um incidente em que uma policial militar foi filmada dando um tapa no rosto de uma mulher em Vitória de Santo Antão, Pernambuco. O incidente ocorreu após a descoberta de hematomas em uma criança de 11 anos, filha da mulher, sugerindo uma situação de abuso infantil.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Detalhes do incidente

A agressão ocorreu quando a Polícia Militar foi chamada para intervir após vizinhos levarem a criança para o Hospital João Murilo de Oliveira, apresentando marcas de espancamento. A mãe foi filmada discutindo com os vizinhos, que a acusavam de negligência e abuso. Segundo o conselho tutelar, a agressão se deu porque a menina tentava apartar uma discussão entre seus irmãos menores devido à um jogo de video-game que havia acordado a mãe.

violência infantil em Pernambuco,tapa na cara

Reação da polícia militar

Durante a abordagem, a policial confrontou a mãe sobre os ferimentos da criança, resultando na agressão filmada. As imagens mostram a policial questionando a mãe agressivamente antes de dar-lhe um tapa. A Polícia Militar de Pernambuco confirmou que está investigando as circunstâncias da abordagem para tomar as medidas necessárias.

Consequências legais para a mãe

A mulher foi presa e acusada de lesão corporal por violência doméstica/familiar. Ela foi conduzida para audiência de custódia e aguarda decisão judicial. A identidade da mãe não foi divulgada para proteger a criança.

Apoio do conselho tutelar

O Conselho Tutelar de Vitória de Santo Antão também interveio, garantindo a segurança da criança. Segundo a conselheira tutelar Alzenir Vasconcelos, a menina relatou que essa não foi a primeira vez que sofreu agressões. O Conselho permaneceu com a criança até que ela fosse colocada em um local seguro fora da cidade.

Repercussão e medidas futuras

Este caso gerou uma onda de indignação pública e chamou a atenção para a questão da violência infantil e a conduta das forças de segurança durante intervenções. Autoridades prometem rigor na investigação tanto da conduta da mãe quanto da resposta da policial envolvida.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares