Dreams
sábado, 25 maio 2024
spot_imgspot_img

Expansão do grupo empresarial da Ambec gera faturamento de R$ 24 milhões e levanta preocupações sobre descontos indevidos

Empresários associados à Ambec lançam duas novas entidades, Unsbras e Cebap, ampliando significativamente o faturamento mensal através de descontos em aposentadorias, mas enfrentam questionamentos legais.

Grupo Ambec expande atuação com novas entidades gerando alto faturamento

Empresários associados à Ambec, entidade já conhecida por lucrar significativamente com descontos em aposentadorias, estabeleceram recentemente duas novas organizações, a União dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Unsbras) e o Centro de Estudos dos Benefícios dos Aposentados e Pensionistas (Cebap). Essas novas entidades já conseguem, juntas, faturar R$ 24 milhões mensalmente através de cobranças na folha de pagamento dos beneficiários do INSS, embora também sejam questionadas por realizar descontos indevidos sem a autorização dos segurados.

Ampliação e questões Legais

A Ambec, que já figurava com um faturamento de R$ 30 milhões por mês graças a um aumento exponencial no número de filiados, de 38 mil para mais de 650 mil em apenas um ano, enfrenta várias ações judiciais por cobranças indevidas. A expansão das atividades para incluir Unsbras e Cebap levanta preocupações adicionais, pois essas entidades repetem o padrão de operação que colocou a Ambec no foco das autoridades.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Investigações e auditorias

Devido aos volumes de reclamações, o INSS, a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU) intensificaram investigações e auditorias sobre essas entidades. O TCU, especificamente, apontou a existência de “descontos indevidos em larga escala”, o que culminou com uma ação do Ministério Público Federal (MPF) que busca a suspensão de todos os acordos dessas entidades com o INSS para interromper as cobranças.

Impacto na comunidade de aposentados

Atualmente, cerca de 30 entidades estão habilitadas pelo INSS para realizar cobranças de mensalidade associativa diretamente na folha de pagamento dos aposentados. Juntas, elas representam mais de 5,5 milhões de aposentados filiados e arrecadaram mais de R$ 2 bilhões em um ano através desses descontos, evidenciando uma questão crítica que afeta o bem-estar financeiro dos aposentados brasileiros.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares