Dreams
domingo, 21 julho 2024
spot_imgspot_img

Família de João Pedro protesta contra absolvição de policiais no Rio de Janeiro

Leia sobre o protesto da família de João Pedro e outros atingidos pela violência policial contra a decisão de absolver os policiais envolvidos na morte do adolescente no Rio de Janeiro.

Protestos marcantes contra absolvição de policiais no caso João Pedro

Manifestação na frente do tribunal de justiça do Rio de Janeiro

Os familiares de João Pedro, um adolescente morto durante uma operação policial em 2020, reuniram-se em protesto diante do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. A manifestação também contou com a presença de familiares de outras vítimas de violência policial, unidos pelo desejo de justiça e mudanças na abordagem das operações policiais.

Detalhes do caso e decisão judicial

João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, foi fatalmente atingido na casa do tio, alvo de mais de 70 tiros disparados por agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Apesar da acusação de homicídio duplamente qualificado movida pelo Ministério Público contra os três policiais envolvidos, a juíza Juliana Bessa Ferraz Krykhtine os absolveu, alegando legítima defesa com base nas provas apresentadas.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Reação e declarações da família

A decisão de não levar o caso a júri popular frustrou a família de João Pedro, que esperava uma avaliação mais profunda dos fatos por parte da sociedade civil. Neilton da Costa Pinto, pai de João Pedro, e Rafaela Matos, sua mãe, expressaram profunda decepção e determinação em buscar justiça, planejando levar o caso às instâncias superiores se necessário.

Manifestação pública e apelo por justiça

Os manifestantes, portando cartazes e entoando frases de protesto, percorreram um trajeto simbólico em frente ao prédio do Tribunal, destacando a necessidade de revisão da sentença e acusando o sistema judiciário de complicitar com a impunidade. A mãe de João Pedro criticou a falta de uma resposta adequada do Estado, sublinhando a desigualdade no tratamento dado a diferentes cidadãos.

COMPARTILHE ESTE POST:

Marina Carvalho
Marina Carvalho
Jornalista dinâmica especializada em multimídia e narrativa digital, com 10 anos de carreira. Liderou projetos de jornalismo móvel, trazendo inovação e interatividade para a cobertura de notícias.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares