Dreams
terça-feira, 23 julho 2024
spot_imgspot_img

Deputado Delegado da Cunha vira réu por violência contra a mulher após ameaças gravadas

Vídeo revela ameaças do Delegado da Cunha à ex-companheira, levando-o a réu por violência contra a mulher.

Deputado Delegado da Cunha enfrenta acusações de violência doméstica

Carlos Alberto da Cunha, conhecido como Delegado da Cunha, é agora réu em um caso de violência doméstica contra sua ex-companheira, Betina Grusiecki, após um vídeo gravado por ela vir à tona, mostrando o parlamentar proferindo ameaças graves.

Detalhes do incidente gravado

No vídeo exibido pelo programa Fantástico, da TV Globo, o deputado é visto e ouvido ameaçando a ex-companheira de forma violenta, incluindo ameaças de morte e insultos. Betina, que já havia relatado agressões físicas, incluindo sufocamento e golpes na cabeça, gravou as ameaças durante um dos episódios de violência. Confira trechos da ameaça:

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

– Da Cunha: “Vai correndo para casa da mamãezinha”
– Betina: “Não. Não vou para casa da mamãe”
[…]
– Da Cunha: “Pode parar. Pode parar, senão vou te matar aqui”
– Betina: “Vai me matar?”
– Da Cunha: Matar
– Betina: “Ah, então mata”.

Após esse momento, é possível ouvir a respiração ofegante dela. Logo depois, ele xinga a ex-companheira e ameaça atirar contra ela. “[…] Sua vaca, vou encher sua cara de tiro”, diz o político.

Betina grita: “Me solta. Chama a polícia. Chama a polícia! Sai”. 

Delegado da Cunha,Violência doméstica,mulher,ameaças

Ações Judiciais e Resposta do Deputado

Após o incidente, Betina conseguiu medidas protetivas, e a justiça determinou que Da Cunha entregasse suas armas. A defesa do deputado, por sua vez, busca uma análise técnica do vídeo, argumentando que qualquer declaração feita estava em um contexto de disputa conjugal. O advogado Eugenio Malavasi enfatiza que discussões são normais em relacionamentos, buscando desvincular as ações pessoais do exercício do mandato de Da Cunha.

Contexto Político e pessoal

Delegado da Cunha, que alcançou notoriedade compartilhando vídeos de operações policiais, enfrenta agora a repercussão de suas ações fora do ambiente profissional. Eleito deputado federal por São Paulo, Da Cunha está afastado para suas atividades parlamentares, mas enfrenta procedimentos na Corregedoria.

Impacto e desdobramentos

Este caso joga luz sobre a persistente questão da violência doméstica no Brasil, especialmente envolvendo figuras públicas. A situação do Delegado da Cunha destaca a importância de responsabilização e a necessidade de medidas efetivas para proteger as vítimas e prevenir futuros abusos.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares