Dreams
domingo, 14 julho 2024
spot_imgspot_img

Pacheco se opõe a Lira sobre restrição à PF no Congresso

Rodrigo Pacheco critica proposta de Arthur Lira que visa limitar ações da Polícia Federal no Congresso, destacando preocupações constitucionais.

Divisão no Congresso sobre limitação da PF

Proposta de Lira enfrenta resistência de Pacheco

A recente proposta articulada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que busca restringir a atuação da Polícia Federal (PF) dentro do Congresso Nacional, gerou divergências significativas. Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado, expressou ceticismo quanto à viabilidade da proposta, apontando potenciais “vícios de constitucionalidade”.

Pacheco questiona razoabilidade da medida

Pacheco criticou a intenção de proibir operações de busca e apreensão no Parlamento, argumentando que tais medidas cautelares são fundamentais para a coleta de provas em investigações de condutas ilícitas. “Não é razoável pensarmos a proibição de medidas cautelares contra qualquer tipo de segmento ou nível de autoridade pública”, declarou.

Fique ligado! Participe do nosso canal do WhatsApp! Quero Participar

Busca por equilíbrio e critério

Ele defendeu que qualquer restrição à atuação investigativa deve ser criteriosa e equilibrada, levando em consideração o ambiente parlamentar e quem tem autoridade para decidir sobre a execução dessas operações. Contudo, reforçou o direito dos investigadores de coletar provas, independentemente do status do indivíduo sob investigação.

Contexto das operações da PF no Congresso

As tensões entre os Poderes têm escalado, especialmente após operações da PF que miraram parlamentares, exacerbando as críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) por supostamente ultrapassar limites e comprometer a autonomia dos Poderes. Incidentes envolvendo deputados como Alexandre Ramagem (PL-RJ) e Carlos Jordy (PL-RJ) intensificaram o debate sobre as prerrogativas parlamentares e a autonomia do Legislativo.

COMPARTILHE ESTE POST:

Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo
Gabriel Figueiredo, jornalista baiano, nascido em Feira de Santana, com mais de 15 anos de experiência, é referência em notícias locais e inovação do Minha Bahia.
MAIS NOTÍCIAS

Mais populares